Pontos negros nas estradas de Portugal

Segundo as estatísticas da Direcção Geral de Viação, durante o ano de 2001 ocorreram 42521 acidentes com vítimas, de que resultaram 1466 mortos, 5797 feridos graves e 51247 feridos ligeiros. Infelizmente a realidade é ainda pior que estas estatísticas, pois dos cerca de seis mil feridos graves, muitos acabaram por falecer ou ficar estropiados para toda a vida. Estamos de facto perante uma autêntica guerra civil, como afirma a Associação de Cidadãos Auto-Mobilizados. Não existem dúvidas que a maior parte dos acidentes se devem a erros humanos, principalmente porque o típico condutor Português não tem sentido cívico e ignora os riscos de certas atitudes ao volante. Neste contexto, as entidades responsáveis pela construção e manutenção das estradas deveriam ter como prioridade a segurança rodoviária, tendo o cuidado de minimizar a contribuição das estradas para a ocorrência de acidentes. Infelizmente isso não acontece, e foi esta constatação que nos levou a realizar este site como forma de denunciar as inúmeras falhas de segurança que existem nas estradas Portuguesas, tanto ao nível da construção como da sinalização. Foi atribuída uma classificação 1 a 5 a cada situação, de acordo com a sua gravidade, cujos critérios podem ser observados aqui.

Lista de pontos negros : Ordenados por Gravidade , Ordenados por Distrito, Ordenados por Via


Ajude a salvar vidas contribuindo com os casos que conhece. Pode enviar os seus comentários e sugestões  para osantos18@sapo.pt